abril 29, 2016

Fome (Contos)

Olá pessoal, tudo bem?
Quero começar o post me desculpando porque hoje eu deveria postar uma biografia (de acordo com um calendários de postagem que organizei) e havia pensando em uma personalidade incrível, mas por conta do trabalho e da faculdade (estou em semana de provas), acabei não tendo tempo de me dedicar a pesquisa, mas acredito que o que vem a seguir também é uma boa novidade.


A Lilian, nossa parceira está com uma supernovidade que são três contos compilados em um volume digital que está disponível no Amazon por apenas R$1,99. Tenho certeza que quem curte o gênero vai correr para comprar.

Saiba mais sobre a obra:

Sinopse: Desejo. Sexo. Sangue. Horror. Fome é a descrição de instintos viscerais, a face humana jogada na sombra. Uma mostra de Terror-erótico que seduz, entorpece, choca e te faz degustar cada palavra até o fim. Três contos de arrepiar!

Ano: 2016
Páginas: 21
Editora: Amazon


Gente, essa sinopse é de arrepiar não, é? Se está em dúvida, saiba o que eu achei:


São três pequenos contos que misturam dois gêneros que parecem não ter nenhuma ligação, o erótico e o terror. A autora conseguiu fazer um casamento que deu certo, com finais surpreendentes e enredos criativos.

Falando rapidamente de cada conto, o primeiro foi o que mais gostei. Ele começou contando uma história que já era um tanto bizarra, mas o desfecho me deixou tão chocada, que precisei reler para conseguiu acreditar que eu não estava delirando kkk. O segundo, eu achei mais real, no começo, pois apesar da situação em que se encontram os personagens, a gente não imagina do que eles são capazes. É claro que se você pensar que os contos unem terror e erótico, você lê imaginando sempre o pior que acontece da pior forma, é claro. Já o terceiro conto foi o que achei mais fraco. Apesar de ter adorado a descrição dos personagens e o ambiente onde se passa, o desfecho não foi tão chocante quanto eu esperava, mas não deixou de ser assustador.

“Na rua, Matilde sentia uma melancolia mal-educada, desorientada e parecia que todos os prédios, naquele dia, tinham janelas, paredes ou portas que refletiam sua imagem.”

O que eu não gosto do gênero erótico é o uso dos termos mais pejorativos e acho que esse foi o único ponto negativo que encontrei, pois acho que a Lilian não conseguiu explicitar bem isso nas suas descrições. Achei que ficou um pouco pobre de adjetivos. Não que eu tenha lido muitos eróticos e hot, mas os poucos que li vejo que alguns autores exageram, outros não chegam a impactar e há aqueles que conseguem usar essa linguagem na medida certa. Parece ser bem difícil conseguir alcançar esse ponto.

No geral, posso afirmar que a Lilian possui uma escrita incrível e suas histórias são profundas e surpreendentes, daquelas que ficam na nossa memória. Eu gosto muito da forma como ela idealiza seus personagens, que são reais e que possuem uma história que vai além daquela que é contada nos livros.

Não há muto o que dizer da edição, pois a Lilian me enviou em pdf, mas só vi um errinho de revisão e a capa que a princípio é bem delicada, deixa transparecer discretamente o que há por trás daquela cena. Eu amei, pois condiz bastante com as histórias.

Bom né? Agora corre lá e garanta o seu!!!


Até a próxima!!!

abril 27, 2016

Game Of Thrones

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje eu trago uma postagem um pouco diferente do que costumo tratar aqui no blog.


Com a estreia de sexta temporada de Game Of Thrones, eu senti vontade de falar um pouco sobre minhas impressões com relação a série, pois muitos dos meus amigos ainda não conhecem ou não tiveram a oportunidade de assistir. E estou falando da série, pois não li os livros, e sei que há muitas diferenças entre eles, por isso, espero que os comentários não venham carregados de críticas sobre a série. Afinal, não seria justo comparar uma série baseada em uma saga de livros tão fenomenal como As Crônicas de Gelo e Fogo.


Bom, eu ouvia falar dessa série, mas como lá em casa não tinha HBO eu ficava por fora dela, até que meu irmão resolveu baixar e foi aí que o vício começou. Eu vi alguns episódios soltos da primeira temporada e acabei assistindo as três temporadas de uma só vez (a quarta ainda nem existia). Quando meu outro irmão adquiriu o pacote da HBO, a série virou uma febre aqui em casa de vez.


Mas porque uma série em estilo medieval, dentre tantas, faz tanto sucesso? Na minha opinião, a trama é maravilhosa, cheia de jogos e intrigas, conspirações, traições, dentre outras coisas. Eu que não sou muito chegada a filmes e séries com esse tipo de ambiente, me peguei torcendo pelas batalhas, pelas cenas de luta, que são incríveis, mas especialmente por esse clima de cerco que sempre permeia o enredo. Parece que a qualquer momento uma reviravolta fará com que o jogo dos tronos vire, e aquele que está no topo vai ao chão, ou melhor... morre.


O mais incrível é pensar no brilhantismo do George R.R. Martin que criou um mundo totalmente novo, com lugares, etnias, idiomas e todo um universo próprio, misturando realidade com magia, e ainda tem dragões!!! A gente quase não acredita que tudo daquilo é fictício e basta uma pesquisa na internet para descobri várias coisas, como um mapa interativo onde você pode se situar em todos os lugares. Há uma Wikipédia exclusiva sobre a série que conta todos os detalhes de cada personagem (e são muitos), suas personalidades, características físicas, etc, além da diversidade de cenários, locações, efeitos especiais, etc.


Uma das coisas que mais gosto na série, são os personagens. O escritor fugiu totalmente daquelas convenções que ditam que as melhores pessoas são lindas, ricas e cheias de qualidades dignas de um rei. Em Game Of Thrones a gente percebe que todos podem ser maus, manipuladores, traidores, assassinos, dentre outras coisas, e que os gordos, anões, feios, pobres, etc... tem seus méritos e suas conquistas, pois suas imperfeições os aproxima do que é real. Aliás, são eles que conquistam a preferência do publico, que torcem para que eles durem mais uma temporada, isso porque, assim como existe um elenco enorme, também há muitas mortes para equilibrar as coisas.


E não é difícil imaginar porque a série é um sucesso, sua produção é grandiosa. Para se ter uma ideia, a sexta temporada contou com locações em 9 países diferentes (Croácia, Islândia, Malta, Marrocos, Irlanda do Norte, Escócia, Espanha, Estados Unidos e Canadá), mais de 100 atores, 5 mil figurantes, equipe técnica de mais de 1000 pessoas. Com o custo médios de 6 milhões de dólares por episódio, as vezes foram necessárias 3 semanas para filmar uma única cena. GOT também é popular entre os críticos – em 2015 a série venceu 12 Emmys, um número sem precedentes na indústria americana de televisão.


Eu poderia falar horas sobre a série e ainda teria assunto, mas vou aguardar os comentários de vocês para trocarmos uma ideia. E aí, quem acompanha a série ou leu todos os livros? Qual seu personagem favorito?

Vamos evitar os spoilers. Obrigada. De nada.

Até a próxima!

abril 25, 2016

Dicas de leitura

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje trago para vocês duas dicas de livros superbacanas.


A primeira é da nossa parceira Vanessa Sueroz, pois seu livro de contos é uma ótima pedida para quando você não quer se prender a uma leitura longa ou não está com tempo para se dedicar a esse tipo de leitura. Você pode ler um conto por dia, por exemplo.






Tem conto para suspirar pelos cantos.
Tem conto para ver como somos bobos quando estamos apaixonados.
Tem conto para rir sem parar.
Tem conto para pensar na vida.
Tem conto para sonhar com o amor da nossa vida.





Achou legal neh. Mas a noticia é ainda melhor! Que tal tudo isso por apenas R$12,00? Não é promoção, é o preço do livro mesmo!!! Então vamos aproveitar e conhecer o trabalho da autora!!


Acesse a Loja Virtual e adquira já o seu!!!

A segunda é o lançamento do terceiro livro da escritora Gislaine Oliveira, um história infanto-juvenil bem interessante e uma ótima opção de leitura.


Sinopse: O que você faria se tivesse a oportunidade de viver um conto de fadas? Pois Cinddy não fica nada feliz com essa situação e acaba arrumando grandes confusões em uma das histórias mais famosas de todos os tempos. "Cinddy é uma garota normal, mas que um dia se encontra perdida dentro de um conto de fadas. Esse poderia ser o sonho de muita gente, mas não o dela. Por que isso tinha que acontecer justamente com Cinddy? Logo ela, que não suporta essa história de príncipe e princesa. 
É claro que a menina vai aprontar grandes confusões neste clássico infantil. Afinal, ela é a Cinddy, uma menina forte e independente, que não se deixa abater nem pelas implicâncias das meninas na escola. E agora, levará toda a sua personalidade para a pobre gata borralheira. Cinddy foi criada com esse propósito: mostrar como uma menina atualizada e decidida iria enfrentar as situações de uma das mais conhecidas princesas." 


Para adquirir o exemplar físico, basta entrar em contato pelos seguintes e-mails: gisasouzadeoliveira@bol.com.br ou profissaoescritor@gmail.com. O exemplar custa R$18,00 e o frete é grátis!

Caso prefira o e-book, ele está disponível no site --> Amazon.


E aí, gostaram das dicas? Então, corre lá e garanta suas próximas leituras!!!

Até a próxima!

abril 23, 2016

A Senha do Amor (autoral)

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje trago uma postagem um pouco diferente, mas  muito relacionada aos assuntos do blog. É um pouco difícil trazer essa postagem, pois é algo bem pessoal, mas vamos lá.


Assim, como todo aspirante a escritor (imagino eu), a gente sempre tem aquele momento de inspiração e escreve alguns versos, geralmente apaixonados e tals... Então, esses dias encontrei em meus arquivos, esse poema (?) que escrevi para algum idiota por quem fui apaixonada e não era correspondida, pra variar, então saiu essas palavras que resolvi compartilhar com vocês. Ela é cheia de metáforas, mas acho que dá para entender a mensagem.

A vida escolheu nos colocar dessa forma:
Você do lado de dentro e eu do lado de fora.
Enquanto você almeja sair, eu sonho poder entrar.
Onde apenas uma porta, teima em nos separar.
Não há tranca, nem cadeado, mas sim, uma senha
Conseguirá abri-la, somente aquele que a tenha.
Quis o destino que por descuido eu a tenha perdido
E por ironia aquele que a achou, a tenha escondido.
Mantendo-a trancada, prendendo nosso desejo,
Impedindo que mais uma vez eu sinta seu beijo.

Não adianta forçar, empurrar, ela não vai ceder
Restam as frestas da porta onde o sol pode bater.
Faz frio aqui fora e me sinto cada vez mais só
Enquanto estás aquecido, mas sentindo-se pior.
E é somente à luz do dia em que eu posso te ver
No instante que se ilumina cada parte do teu ser.
Eu já não tenho mais forças, mas tu tens o poder
De encontrar essa senha e conseguirmos vencer.
Essa busca que parece não ter fim é crueldade
De alguém que não conhece o amor de verdade.
Mas, é preciso ter fé, força e coragem pra lutar
Visando sempre o objetivo que se quer alcançar.

Na verdade, acredito que você acabou cansando
Desistiu de ter sua liberdade e foi se acomodando
Esqueceu que aquela senha você pode mudar...
Abrir a porta, bater as asas e finalmente voar.
Quando eu conseguir entrar, só encontrarei o pó
Pois do lado de dentro me sentirei ainda mais só 
Vendo-o seguir ao longe, para não mais voltar
Voando alto, deixando-me, sem para trás olhar
Após conseguir em vão entrar, para a ti me prender
É só através das frestas que eu posso realmente te ter.

Espero que tenham cusrtido e vou adorar ler os comentários de vocês, mesmo que sejam caçoando dos meus escritos adolescentes rs.

Até a próxima!

abril 21, 2016

Mulheres Que Não Sabem Chorar

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje é dia de resenha de parceria aqui no VO. Posso dizer que é uma leitura muito especial, oriunda da parceria com a autora Lilian Farias e tenho certeza que muitos vão querer conhecer.


Assim que vi a postagem sobre o interesse da autora em firmar parceria com blogueiras, logo fui conferir a sinopse do livro e de imediato entrei em contato com ela. Sua obra trata de temas tão atuais, mas que ainda são tabu para nossa sociedade patriarcal e machista. Sendo assim, fiquei muito feliz em poder ler e falar sobre ela com vocês.


Sinopse: A vida de Marisa é regida pelo controle. Seja à frente do seu trabalho ou da vida dos filhos, ela é racional, mantendo-se sempre fria, um ser à parte das banalidades, cuja única preocupação é ser um exemplo. Olga é sua antítese. Sentimentos à flor da pele, dor flagelando a carne, pensamentos embaçados pelo esquecimento proporcionado pelo álcool. Sozinha, preocupa-se em apenas ser, em um mundo cercado por fatos que não reconhece mais como seus. Enquanto isso, Ana e Verônica esbarram com o acaso. Duas senhoras solitárias, vizinhas e antagônicas. Será que um dia alguém acharia que poderiam viver em paz? Mais ainda, será que poderiam se apaixonar? Duas jovens livres e independentes. O que as impede de ficar juntas?

Título: Mulheres Que Não Sabem Chorar | Autora: Lilian Farias | Ano: 2016 | Gênero: Drama | Editora: Giz | Onde Comprar: Amazon


O livro conta a história de mulheres que sofrem, que estudam, trabalham, cuidam dos filhos, que amam, que lutam por redenção... Nos vamos conhecer Olga, Marisa, Verônica, Ana... mulheres com histórias de vida marcadas pelo preconceito, pelo abuso, pela violência, simplesmente por serem mulheres. Como a história foca muito na vida dessas personagens, a gente realmente se sente na pele e na vida delas, sentindo-se como elas, descobrindo o prazer, a dor  e o amor junto com elas. 

“Eu vou narrar o que sei dessa história, contar para todas as mulheres por que devemos chorar, por que devemos esvaziar como uma nuvem cinzenta de chuva que precipita.”

Marisa é uma mulher controladora que tem sua vida regrada e sem emoções. Divorciada, vê os filhos irem morar na Europa a deixando só com seu trabalho, parte muito importante de sua vida certinha. Já Olga, sua vizinha, é o oposto, alcoólatra, viu seu marido deixá-la após os muitos vexames que passou com a esposa bêbada e para completar tirou-lhe a guarda da filha e a deixou só com a bebida. Enquanto Ana é uma jovem universitária que apesar de todos os seus problemas, ainda busca ajudar os outros e por causa disso passou por algumas situações ruins. Ela conhece Verônica, uma linda jovem que tenta ajudá-la, mas que não sabe como lidar com a forma como Ana se comporta. Verônica é casada com outra moça, mas não vê problemas em se aproximar de Ana que parece precisar de uma amiga.

“Toda nós, independente do modo que nos reconhecemos como mulheres, carregamos um mundo em nossas entranhas.”

E assim, mesclando capítulos em terceira pessoa com capítulos em primeira, narrados pelas próprias personagens, adentramos no passado, presente e futuro dessas mulheres que se reprimiram, que se descobriram, que sofreram, que lutaram, amaram, mas que não aprenderam a chorar em meio a tantas formas de violência que sofreram. Eu não saberia dizer qual das personagens me tocou mais, me chocou mais. E o interessante é que cada uma dessas mulheres são baseadas em mulheres reais, com histórias de vida idênticas as que são contadas nesse livro. Isso foi o que mais me comoveu, foi o que muitas vezes me levou as lágrimas ao imaginar quantas mulheres no mundo passam por isso ou por coisas piores.


“Ela há muito se perdera em algum lugar dos seus desejos, bem como seus desejos perderam-se em algum lugar da sua existência.”

Eu não quero entrar em detalhes do enredo, pois tiraria de você, leitor, o sentimento que me consumiu durante a leitura, em alguns momentos foi difícil continuar lendo, apesar da escrita marcante da autora, quase poética em alguns momentos, mas muito real, muito crua e sem mascarar nada ela nos preenche com essa sensação de que somos nós que estamos sendo narradas ali. 


“acontece que o belo é irresistível aos olhos e ao toque. Olga era uma estrela ao meu alcance, uma rosa sem espinhos.”

Por mais que nossas vidas não tenham nada a ver com a daquelas personagens, é impossível não se colocar em seus lugares, sentir o vazio, as dores e tudo que envolve o enredo dessa história. A Lilian preocupou-se muito em nos aproximar das personagens, em nos mostrar todos os ângulos, todas as nuances e cores e formas de cada personagem.

“Continuei fumando meu cigarro e sentindo meu corpo se contrair, arbitrariamente e descontrolado de prazer.”

O desfecho é bem marcante, as histórias se fundem em um determinado momento e você se depara com a evolução e decadência de algumas personagens.


“Nossos defeitos podem ser o que nos protege do mundo, não precisamos nos libertar deles, precisamos aprender a conviver com eles sem nos ferir, exatamente como os espinhos das rosas.”

Falando sobre a edição, ficou muito linda, a capa, os detalhes entre capítulos, os nomes das flores em cada capítulo que tem todo um significado para cada momento da trama. As folhas são amareladas, fonte em bom tamanho e apesar de ser um livro de 206 páginas, a história é densa e muito intensa. Quase não encontrei erros de revisão e destaquei várias citações.


“Com minhas mãos calejadas de dor, pegar os ossos delas e soprar vida quando necessário, para que elas também soprem vida em mim.”

Queria agradecer a autora pela confiança, eu sabia que essa leitura seria marcante, mas confesso que me surpreendeu muito, na forma como ela conseguir unir os personagens e conceder a cada um deles personalidades e histórias de vida que retratam uma dura realidade.

Espero que vocês tenham curtido a resenha. Talvez algumas pessoas não gostem do tema, por tratar de mulheres homossexuais, mas espero que todas tenham curiosidade de conhecer um pouco mais sobre esse universo e perceber que não é muito diferente do universo hetero ou que há alguma anormalidade nesse tipo de relação.

Quer ganhar esse e outros livros? Participe da nossa promoção de aniversário, acesse: Promoção de Aniversário do blogs Lu Martinho e Ventos do Outono.

Até a próxima!

abril 19, 2016

Desconto de aniversário da Vanessa Sueroz

Olá pessoal, tudo bem?
Amanhã (20/04) nossa querida parceira estará completando mais um ano de vida e para comemorar essa data tão importante, trago uma novidade imperdível!!!


Quem aí gosta de presentear os amigos quando fazem aniversário? Eu particularmente adoro. Mas quando é o aniversariante quem oferece o presente? A autora Vanessa Sueroz faz aniversário e para comemorar ela nos passou um cupom de desconto de 20% para utilizar na loja dela e comprar muuuuitos livros!!!!


CUPOM: W3UPH9U7R

*Compra minima de 5 reais! Cupom válido até 24/04.


Não percam a chance de dar a Vanessa esse presentão, que é ler seus livros!!! 

O Ventos do Outono, deseja desde já, muita luz, paz, saúde e sucesso na vida e na carreira de escritora. Parabéns!!!


Até a próxima!!!!

abril 17, 2016

Quotes: As Luzes de Setembro

Olá pessoal tudo bem?
Faz um tempo que não trago esse marcador aqui no blog e bateu uma saudade...


Então, resolvi trazer mais uma seleção de quotes do meu autor favorito e espero que vocês apreciem.

Durante o verão de 1937, Simone Sauvelle fica de repente viúva e abandona Paris junto com os filhos, Irene e Dorian. Eles se mudam para uma cidadezinha no litoral da Normandia, e Simone começa a trabalhar como governanta para Lazarus Jann, um fabricante de brinquedos que mora na mansão Cravenmoore com a esposa doente.
Tudo parece caminhar bem. Todos estão animados com a nova vida quando acontecimentos macabros e estranhas aparições perturbam a harmonia de Cravenmoore: Hannah é encontrada morta, e uma sombra misteriosa toma conta da propriedade.
Irene e Ismael desvendam o segredo da espetacular mansão repleta de seres mecânicos e sombras do passado. Em As luzes de setembro, aquele mágico verão na Baía Azul será para sempre a aventura mais emocionante de suas vidas, num labirinto de amor, luzes e sombras.

Clique na imagem para comprar.


“Não vale a pena perder tempo tentando mudar o mundo, basta evitar que o mundo mude você.”

“Num dia qualquer, um daqueles dias de agosto em que a chuva da noite anterior transforma as nuvens em castelos de algodão sobre uma porcelana azul resplandecente...”

“A solidão traça estranhos labirintos.”

“E o céu era azul-claro pontilhado por algumas nuvens que viajavam perdidas como zepelins de algodão branco.”

“Num mundo de luzes e sombras, todos nós, cada um de nós precisa encontrar seu próprio caminho.”

Quem gostou das citações quer saber mais sobre a obra, poderá conferir a resenha acessando esse link.

Talvez sejam poucos quotes, por se tratar de uma história do Zafón, mas nesse caso  o livro é curtinho, logo não havia tantos trechos para selecionar. Mas espero que tenham sido suficientes para expressar a qualidade dessa história maravilhosa.

Até a próxima!!!

abril 15, 2016

Promoção de Aniversário de 2 anos de Blog

Olá pessoal, tudo bem?
Amanhã é o aniversário do Ventos do Outono e eu não poderia deixar de comemorar junto com vocês!!!

Neste mês de Abril, os blogs Lu Martinho e Ventos do Outono fazem dois anos e para comemorar, se juntaram com mais alguns blogs amigos e autores para trazer três Kits com livros ótimos para vocês. Logo Abaixo estão as regras e os Kits para vocês participarem!




  • O Sorteio estará no ar de 15 de Abril de 2016 até 15 de Maio de 2016;
  • Os participantes deverão preencher as entradas obrigatórias do questionário;
  • Residir e ter endereço de entrega em território nacional;
  • O resultado do sorteio sai em até 5 dias do término do prazo;
  • O sorteado será contactado através do e-mail informado e terá 48 horas para responder com os dados solicitados, sob pena de um novo sorteio;
  • Cada blog/autor é responsável por seu prêmio e terá até 45 dias úteis para enviar o prêmio e não é responsável por danos ou extravios durante o transporte/entrega. Caso o prêmio retorne para o remetente, não será feio novo envio;
  • Perfis fakes ou promocionais, serão desclassificados.
Boa Sorte!!

abril 13, 2016

PS: Ainda Amo Você

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje trago uma resenha muito bacana para vocês.


Uma amiga minha me enviou a versão em PDF desse livro que já se tornou um grande sucesso entre as leitoras mais jovens. E agora que já li o segundo, estou ansiosa para que saia logo o próximo.


Sinopse: Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.Em "Para todos os garotos que já amei", Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em "P.S.: Ainda amo você", Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam. Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.

Título: PS: Ainda Amo Você | Autora: Jenny Han | Ano: 2016 | Gênero:  Juvenil | Editora: Intrínseca | Onde Comprar: Amazon


OBS: Se você ainda não leu o primeiro livro, pode se deparar com alguns spoilers.

Então, PS: Ainda Amo Você é a continuação de Para Todos os Garotos Que Amei (clique no título para ler a resenha) e se inicia com tudo voltando ao normal na vida da família Covey. Margot voltou para a faculdade, Kitty agora tem um cãozinho de estimação e a Lara Jen  vai em busca de retomar seu relacionamento com Peter. Eles selam um novo acordo de relacionamento e a convivência parece bem pacífica, não fosse pela constante sombra da ex com quem Peter ainda mantém contato, além da repercussão do vídeo íntimo que acaba chegando aos ouvidos do pai da Lara Jen. Ou seja, a vida da Lara Jen nunca mais será a mesma, desde que suas cartas foram enviadas.

“Você me deu a minha primeira história de amor, Peter.”

Mas ela está feliz e sua vida segue tranquilamente. Mas novos acontecimentos vão permear o enredo desse segundo livro, como por exemplo, o trabalho voluntário que Lara Jen vai fazer no abrigo de idosos, a busca por uma namorada para o pai das meninas e o mais importante que a carta que Lara Jen vai receber de um dos garotos para qual suas cartas forma enviadas. É a partir desse ponto que a história realmente começa a empolgar.

“Mesmo dizendo que seu nome é um prazer lembrar, algo para saborear, como um pedaço de chocolate dissolvendo na minha língua.”

Outro acontecimento que vai aquecer o clima da trama será o episódio da casa na árvore, que vai reunir todos os amigos antigos e vai reviver o clima de competitividade em um jogo que as 6 então crianças costumavam jogar. E é Lara Jen quem vai levar isso muito a sério, afinal sua ex melhor amiga e rival também briga pelo prêmio.

“Embora eu tenha que dizer, é este tipo de luta, este tipo de briga, não do tipo ‘sentimentos feridos’, que nos faz sentir como nós pela primeira vez a noite toda.”

Eu confesso que não estava muito empolgada com a história no começo, a autora ficou passeando em nenhum acontecimento especial e a história com o Peter estava muito morgada, mas quando a Lara Jen recebe a carta do John as coisas começam a tomar forma e a gente logo devora o livro querendo saber tudo. E até rola uma espécie de triângulo amoroso, nos deixando bem curiosas para saber com quem a Lara Jen vai ficar, o que é muito empolgante, além do jogo "Assassins" que vai se misturar em uma disputa bem adolescente.

“Eu nunca vi ninguém mudar através dos cinco estágios de tristeza tão rápido. Você realmente tem um incrível salto de reação.”

Não há muito o que falar sobre os personagens, pois são basicamente os mesmos, apenas o John e Stormy, uma das internas do abrigo vai trazer mais movimento a trama. Tem também a vizinha que será uma possível pretendente ao pai das meninas.

“Se nós apenas segurarmos firme o suficiente, tudo vai ficar bem.”

O que eu não gostei na leitura foi essa edição que eu peguei, pois há muito problemas, não na revisão em si, mas acho que na tradução, há muito partes que parece não fazer nenhum sentido e eu precisei reler várias vezes para poder entender o que se passava na história. Tirando isso, a escrita da autora mantém o mesmo estilo e a capa ainda é bem lindinha e adolescente como tem que ser.

Bom, desculpe se contei spoilers, foi um pouco difícil não falar, visto que é uma continuação, mas espero que tenham gostado. E aí, quem já leu? 

Até a próxima!!!

abril 11, 2016

Parceria com Lilian Farias

Olá meu queridos, tudo bem?
A vida chegando ao nível hard por aqui e eu tentando manter tudo no ritmo adiantando algumas postagens. Essa na verdade, deveria ter saído há semanas, mas tá valendo.


Então, hoje trago para vocês essa novidade bacana que é a parceria firmada com a escritora Lilian Farias. Estou bem animada, pois seu mais recente livro parece incrível!!! Vamos conhecer a autora e sua obra:

Biografia

Lilian Farias nasceu no dia 29 de janeiro de 1985 em Sergipe. É autora dos livros O Céu Está Logo Ali e Mulheres Que Não Sabem Chorar. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual e alcoolismo. A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade. Ela adora escrever sobre temas que incomodam e diz não ter medo do preconceito.


Bibliografia

Como já deu para perceber, a Lilian adora tratar de temas ainda considerados tabus, e esse foi um dos principais motivos para que eu me interessasse pela parceria, pois eu adoro quando alguém se propõe a falar sobre temas que chocam e que nos colocam no chão. Por enquanto, a autora tem duas obras publicadas que são:

O céu é Logo Ali (Saiba mais clicando no título)

Mulheres que não sabem chorar

Sinopse: A vida de Marisa é regida pelo controle. Seja à frente do seu trabalho ou da vida dos filhos, ela é racional, mantendo-se sempre fria, um ser à parte das banalidades, cuja única preocupação é ser um exemplo. Olga é sua antítese. Sentimentos à flor da pele, dor flagelando a carne, pensamentos embaçados pelo esquecimento proporcionado pelo álcool. Sozinha, preocupa-se em apenas ser, em um mundo cercado por fatos que não reconhece mais como seus. Enquanto isso, Ana e Verônica esbarram com o acaso.
Duas senhoras solitárias, vizinhas e antagônicas. Será que um dia alguém acharia que poderiam viver em paz? Mais ainda, será que poderiam se apaixonar? Duas jovens livres e independentes. O que as impede de ficar juntas?

OBS: Em breve tem resenha dele por aqui. Fiquem ligados!!!

Para saber e mais e conhecer melhor a autora e seu trabalho, acesse:

Blog

Espero que tenham curtido. Não vejo a hora de receber o livro e devorar essa leitura.

Até a próxima!!! 

abril 09, 2016

Conto Eu Te Amo Mais

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje trago a resenha de um conto bem bacana que li em parceria com a Vanessa Sueroz.


Pois é, finalmente consegui tempo para ler esse conto e fiquei me perguntando porque demorei tanto para fazê-lo.

Sinopse: Marlene resolve escrever uma carta ao namorado lhe contando porque ela lhe ama mais e quais as consequências disso.




Conto cedido em parceria com a autora
Versão Digital


Título: Eu Te Amo Mais | Autora: Vanessa Sueroz | Ano: 2011 | Gênero: Romance, YA | Editora: Independente | Onde Comprar: Amazon


Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da autora, com a qual firmei parceira no mês de fevereiro e confesso que amei a leitura.

Marlene é uma garota muito esperta que aproveita o dia dos namorados para escrever ao namorado uma carta em forma de lista contendo todos os motivos pelo qual ela julga ter mais amor pelo Rodrigo que o contrário.

É claro que há segundas intenções nessa ideia mirabolante da nossa personagem, mas o namorado logo responde a carta retrucando todos os argumentos dela e depois temos o desfecho que me fez rir muito. Aliás, todo o conto é bem leve e divertido. A gente percebe aquele tom jovial e cheio de cumplicidade entre o casal durante a troca de cartas.

Bom, o conto é bem curtinho, logo não dá para escrever muito sobre o enredo, mas recomendo a leitura para quem está namorando e quer dar um up! no relacionamento ou apenas se divertir com o brilhantismo das mulheres.

A capa, da qual já falei aqui é muito bonita, e a revisão está impecável, pois não encontrei nenhum erro.

Espero que tenham curtido e que tenham a oportunidade de conhecer o trabalho da Vanessa.

Até a próxima!!!
 
© Ventos do Outono | 2016 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo